Campanha

  1. Janeiro Branco: Médico psiquiatra fala sobre saúde mental

    Neste mês de atenção aos cuidados com a mente, o Janeiro Branco, Fábio Luz conversa com o Grupo Total sobre temas que envolvem a saúde mental. Médico psiquiatra, Dr. Fábio fala sobre quadros clássicos da psiquiatria x transtornos ansiosos durante a pandemia do novo Coronavírus; o papel da imprensa em relação a doenças mentais; a incidência de casos psiquiátricos; a popularização da psicoterapia; e sinais de atenção à saúde mental.

    Como você cuida da sua saúde mental? Assista a entrevista completa abaixo, e lembre-se: a saúde mental é um direito de todos.

    Leia mais »
  2. Males de verão: as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

    Com o início de 2021, além da preocupação com o novo Coronavírus, a junção do verão com as chuvas propicia o ambiente ideal para a proliferação de outros vírus com os quais precisamos ficar atentos e podem ser muito mais facilmente evitados. A dengue, a Zika e a febre Chikungunya são doenças que aparecem mais fortes nesta época do ano e são transmitidas a grande parte dos brasileiros. O responsável pela transmissão já é um velho conhecido: o mosquito Aedes aegypti.

     

    O mal da dengue

    Uma das mais conhecidas e comuns no Brasil e no mundo, infelizmente, a dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e causada por um vírus. No ano passado, o Ministério da Saúde registrou quase 1 milhão de casos até 14 de novembro e, dentre esses, 528 casos de morte em decorrência da doença. Os sintomas mais comuns causados pela dengue são a febre alta, dor de cabeça e dores no corpo, fraqueza e erupções cutâneas. Pode causa também náuseas e vômitos.

    Leia mais »
  3. Entrevista Total: Dezembro Vermelho e a luta contra a AIDS

    Quem participa deste Tá no Blog é a infectologista Karen Morejon, falando sobre a AIDS e o HIV, temas que se destacam no mês de dezembro devido a campanha Dezembro Vermelho, um movimento de conscientização e prevenção ao HIV/AIDS e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Além disso, aborda o porquê do aumento dos casos em idosos, como podemos nos prevenir e qual a relação de tudo isso com o novo Coronavírus, hoje, mais do que nunca, parte da nossa realidade. Confira todo o conhecimento que essa profissional da saúde divide conosco:

    Leia mais »
  4. Dia das Apaes exalta a luta pela inclusão

    Criada no Rio de Janeiro em 1954, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) é uma organização social que tem como principal objetivo promover a atenção total às pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Hoje a Associação está presente em mais de 2,2 mil municípios distribuídas em 24 Federações Estaduais (Feapaes) em todo o território nacional e visa crescer ainda mais para aumentar seu alcance, que hoje atende 250 mil brasileiros com deficiência intelectual e múltipla diariamente. Hoje, 11 de dezembro, é comemorado o Dia Nacional das Apaes, instituído em 2001 via Lei Federal nº 10.242. O intuito é promover a luta pelos direitos da pessoa com deficiência intelectual e múltipla por meio de ações de conscientização. Durante o seu tempo de existência, a Apae reuniu importantes conquistas, como a incorporação do Teste do Pezinho na rede pública de saúde e a inclusão de linguagens
    Leia mais »
  5. O negro na área da saúde

    Os negros são maioria em nossa população, mas a participação deles na área da saúde ainda encontra percalços. O Dia da Consciência Negra é uma importante data para relembrar a luta por igualdade dessa etnia em nosso país e no mundo. 
    Leia mais »
  6. Entrevista Total aborda a campanha Novembro Azul e a prevenção ao câncer de próstata

    A segunda entrevista da série Entrevista Total é com o urologista Murilo Andrade, que explanou um pouco mais sobre o câncer de próstata, suas causas ou e consequências, tratamentos, fatores de risco e a importância da prevenção, tema abordado pela campanha Novembro Azul. Confira o vídeo que Tá no Blog!

    Leia mais »
  7. Conheça o Outubro Rosa e saiba como fazer o autoexame da mama

    Criado no início dos anos 1990, o movimento "Outubro Rosa" vem conscientizando mulheres de todo o mundo sobre a prevenção ao câncer de mama, principalmente. O sintoma mais comum deste tipo de câncer é o aparecimento de nódulos na mama que, geralmente, são consistentes, indolores e irregulares. No entanto, o câncer de mama também pode causar edemas cutâneos (uma irregularidade na pele semelhante à casca de uma laranja), dor, descamação, até ulceração do mamilo, hiperemia e inversão do mamilo.

    Em todo o mundo, o câncer de mama representou 24,2% do total de casos de mulheres com câncer em 2018, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Só no Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima mais de 66 mil novos casos deste tipo de câncer, representados com a taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres.

    As empresas que quiserem participar da campanha podem aderir ações de conscientização sobre o câncer de mama dentro da empresa, iluminar as fachadas de

    Leia mais »
  8. Novos hábitos alimentares: saiba mais sobre vegetarianos, veganos, celíacos e intolerantes

    Para ter uma vida mais saudável, o cuidado com a alimentação se tornou essencial. A atenção com o que comemos reflete em vários e diferentes setores de nosso organismo. A população adotou novos hábitos alimentares por opção ou mesmo por necessidade, e nossa missão hoje aqui no blog é explicar um pouco sobre essas diferenças e algumas curiosidades sobre essas diferentes condições muito encontradas hoje em dia.

     

    Vegano X Vegetariano

    A explicação principal para a diferença entre o veganismo e o vegetarianismo está na origem dos alimentos. O vegetariano não consome carne, mas come outros alimentos que tiveram sua origem de um animal, como por exemplo ovos ou leite. Já o vegano não consome nada disso. Tudo que tiver alguma origem animal, incluindo produtos derivados de leite, já é excluído do cardápio de quem pratica o veganismo.

     

    Qual a restrição de quem é celíaco?

    O termo, na verdade, refere-se à doença celíaca, que acontece n

    Leia mais »
  9. Higiene bucal: é preciso começar desde criança

    É preciso começar a cuidar da saúde bucal desde cedo, por isso os pais precisam ficar atentos ao aparecimento dos primeiros dentinhos do bebê, seguindo uma rotina com os cuidados necessários para limpá-los adequadamente. Com o passar do tempo, mantendo essa rotina e mostrando que a escovação é parte importante do processo de desenvolvimento da criança, a criação do hábito de se cuidar da higiene bucal já se inicia.

    Não só é importante mostrar para os filhos que a escovação dos dentes é algo natural como é possível tornar o ato agradável ao acompanhá-los durante a higienização bucal e deixá-los escolher uma escova divertida. Reforçar as consequências que a falta da higiene pode trazer à boca e ao organismo também ajuda a criança a compreender a relevância dessa rotina.

    Você pode ajudar seu filho a manter uma boa higiene bucal o ensinando a:

    • Escovar os dentes, pelo menos, três vezes ao dia, sempre após cada refeição;

    • Não engolir pasta de dente e util

    Leia mais »
  10. Setembro Verde desperta a população para a doação de órgãos

    Uma campanha de grande importância, o “Setembro Verde” chama a atenção da população para a importância da doação de órgãos. Com a pandemia provocada pelo novo Coronavírus em 2020, a doação de órgãos diminuiu 40% em todo o país, em relação ao ano passado, segundo a Agência Brasil. Por isso, a conscientização proposta pela campanha “Setembro Verde” se torna ainda mais importante neste período.

    O transplante pode salvar vidas, no caso de órgãos vitais, ou então devolver a qualidade de vida, nos casos de órgãos não vitais. Esse ato de amor e solidariedade pode estruturar a saúde física e psicológica de toda a família de um paciente transplantado. Por isso é importante comunicar em vida para a família o desejo de ser um doador de órgãos, pois o índice de não autorização por parte de familiares ainda é muito alto.

    Confira algumas histórias coletadas pelo Ministério da Saúde para a campanha “A Vida Continua”:

    Leia mais »
Página